CINDE Institutional Repository

O Papel dos Avós na Educação dos Netos em Contexto de Vulnerabilidade Social

Show simple item record

dc.coverage.spatial Manizales spa
dc.creator Exaltação Coutrim, Rosa Maria da
dc.date.accessioned 2018-07-10T15:06:19Z
dc.date.available 2018-07-10T15:06:19Z
dc.date.issued 2014-11-19
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/20.500.11907/2167
dc.description.abstract Temos presenciado uma grande mudança nas últimas décadas nas organizações e arranjos familiares. Com a inserção da mulher no mercado de trabalho, o aumento do número de divórcios e recasamentos, a gravidez fora da união conjugal entre outros, as famílias vêm buscando diferentes formas de cuidados das crianças pequenas. Estudos brasileiros, latinoamericanos e europeus têm mostrado que os avós e, em especial, as avós, têm se constituido em importante fonte de apoio para os filhos, seja nos momentos de crise familiar ou ou não, ao assumirem os cuidados dos netos (por períodos mais ou menos longos). Tal suporte não se restringe às camadas populares. Independentemente do poder aquisitivo das famílias e da maior ou menor presença dos pais, os avós têm sido chamados a atuar como co responsáveis pela educação dos pequenos. A convivencia intergeracional não é um fenômeno novo para a sociologia e nem para a antropologia. Contudo, a busca de conhecimentos sobre o processo co-educativo que envolve a relação entre avós e netos tem sido alvo de poucas discussões no campo da educação no Brasil. Autores como Oliveira (1999), Cardoso (2011), Coutrim (2010), Oliveira, Coutrim e Figueiredo (2012) e Ramos (2011) vêm alertando sobre a necessidade de se pesquisar mais sobre o tema a fim de se compreender melhor como as dinâmicas familiares se modificam e se (re) arranjam para garantir a educação e o cuidado das crianças. Tais dinâmicas interferem direta e indiretamente no seu bem estar e no processo de aprendizagem e socialização dentro e fora da escola. Este artigo traz para a discussão, 5 casos oriundos de uma pesquisa realizada na cidade de Mariana (Minas Gerais/Brasil) com avós cuidadoras que vivem em situação de vulnerabilidade social. Inicialmente foram selecionadas duas escolas públicas no município nas quais foram aplicados 75 questionários aos alunos de 1º ao 5º ano que tinham contato com os avós e 26 aos professores. A partir dos questionários foram feitas entrevistas com 13 avós com o objetivo de conhecer a rotina dessas crianças e um pouco mais da relação entre essas gerações. spa
dc.format pdf spa
dc.publisher I Bienal Latinoamericana de Infancias y Juventudes, Democrácias Derechos Humanos y Ciudadanía spa
dc.title O Papel dos Avós na Educação dos Netos em Contexto de Vulnerabilidade Social spa
dc.rights.accesRights Acceso abierto spa
dc.subject.cinde Primera Infancia spa
dc.subject.cinde Infancia y adolescencia spa
dc.subject.cinde Crianza, familia y desarrollo infantil y de adolescentes spa
dc.subject.cinde Jóvenes, culturas y poderes spa
dc.subject.cinde Educación y pedagogía spa
dc.subject.cinde Pedagogía crítica y Educación popular spa
dc.subject.cinde Construcción de paz y derechos humanos spa
dc.title.other I Bienal Latinoamericana de Infancia y Juventudes. Democracia, Derechos Humanos y Ciudadanías. Eje Temático: Derechos y protección de niños, niñas y jóvenes. Mesa 12: Organización social del cuidado infantil en América Latina spa


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics